terça-feira, 15 de abril de 2008

Austrália lamenta caça de baleias após japoneses matarem 551 animais



via
G1

O governo da Austrália lamentou hoje a morte das 551 baleias caçadas por navios japoneses na Antártida e afirmou que continuará com seus esforços para evitar que isso aconteça.

Os ministros de Relações Exteriores, Stephen Smith, e do Meio Ambiente, Peter Garrett, declararam através de comunicado que 'a visão da Austrália continua sendo que não há nenhuma justificativa científica para a caça de baleias'. Em nota oficial os ministros acrescentaram que 'o objetivo do governo [australiano] continua sendo o fim da caça às baleias por japoneses em águas do sul'. [+]

"A Noruega é o único país do mundo que permite a pesca comercial de cetáceos, mas Japão e Islândia caçam mais de duas mil baleias por ano alegando fins "científicos", justificativa considerada pelas organizações ambientalistas como uma forma encoberta de caça comercial."

[+Fontes]
Folha Online Protesto salva 300 baleias de caça japonesa

Um comentário:

Victor Franco disse...

E os japoneses estavam reclamando que a meta era 800+ baleias e eles "só" pescaram 551 para suas "pesquisas".
Só se for todo dia pesquisar o sabor de carne de baleia...