quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Nanomáquinas movidas a luz

via  Scientific American


A luz solar é excelente para produzir eletricidade. Mas que tal controlar diretamente a energia luminosa? Fótons ─ pequenos “pacotes” de luz ─ geram energia por si próprios, embora em escala relativamente pequena.

Em estudo recente uma equipe de pesquisadores da Yale University e da University of Washington reproduziu esse processo, embora em escala bastante reduzida fazendo um pequeno objeto mecânico vibrar pela incidência de um feixe de luz.

Efeitos induzidos pela luz poderiam formar a base para componentes em nanoescala, como interruptores ou roteadores, que funcionariam sem depender da rede elétrica. “Podemos usar energia luminosa para suprir a energia elétrica”, observa Hong Tang, professor-assistente de engenharia e ciência aplicada da Yale University e co-autor do estudo publicado recentemente na revista Nature. [Leia+]


"No experimento montado pelo o grupo luz laser é confinada em um guia de onda de silício montado em um chip. O guia de onda envia luz através de uma seção estreita, com 10 micrometros de comprimento e apenas 110 nanometros de espessura, que vibra ligeiramente quando atravessado pela luz."

Um comentário:

Jottae disse...

Rapaiz

Sou assinante Veja e Istoé e não vejoa matérias e achados tão legais quantos o do blog.
Valeu e sucesso.