terça-feira, 28 de julho de 2009

Naves robôs vão tomar decisões em 2047



via
Stuff

Em seu relatório 'Plano de Sistemas de Voo de Naves Não-tripuladas 2009-2047', a força-aérea dos EUA revelou que, gradualmente, humanos vão passar a ter um papel mais de monitoramento do que de intervenção.

'Avanços na inteligência artificial vão permitir que sistemas tomem decisões de combate no ato com políticas de considerações legais sem necessariamente precisarem de intervenção humana', diz o relatório. [Leia+]

"A programação do drone vai ser baseada na 'intenção humana', com humanos reais monitorando a execução e com a possibilidade de passar por cima das decisões da nave."

Um comentário:

Verônica Corrêa disse...

Olá, visitei seu blog. Agora aguardo sua visita!
Grande abraço!
http://academiacameriniag.blogspot.com/